O fim de Shingeki no Kyojin

O fim de Shingeki no Kyojin

Finalmente é publicado o fim de Shingeki no Kyojin, o popular mangá de Isayama que teve início em 2009 chega ao fim no capítulo 139, lançado hoje (09/04/2021).

Capa oficial da 4° temporada de Shigeki no Kyojin

Shingeki no Kyojin foi publicado pela primeira vez em 2009 na revista Bessatsu Shonen Magazine

Contando a história de uma guerra entre titãs e humanos o Shonen de Isayama já mostrava grande potencial desde seu lançamento, porém com o lançamento da animação em 2013 produzida pela Wit Studios o hit da obra se tornou mundial, sendo um dos animes mais populares de todos os tempos.

Agora em 2021, como já havia sido esclarecido pelo autor, o fim de Shingeki no Kyojin chega com o capítulo 139. Vamos comentar sobre os acontecimentos até o seu final neste artigo.

O começo da Guerra (Capítulo 120 – 130)

Eren Yeager retorna de Marley junto de Zeke, seu meio-irmão, levando Gabi como prisioneira. 

Pelos seus crimes cometidos em Marley, Eren é preso e uma aliança em prol de seus ideais é formada, ficando conhecida como Aliança Yeagerista.

Os objetivos de Eren eram simples: entrar em contato com o sangue real de seu irmão e ativar o estrondo, causando com isso a morte de todos aqueles fora da ilha de Paradis.

No início do capítulo 120 do mangá, Eren entra em contato com Zeke após ser decapitado por um tiro desferido por Gabi. Entrando em contato com o sangue real, Eren se encontra com Ymir, o titã original.

Gabi atirando em Eren

Obtendo o poder do titã original, Zeke é preso no mundo de Ymir e o estrondo é ativado liberando todos os titãs presos dentro das muralhas.

Tudo havia iniciado era apenas uma questão de tempo para que toda a humanidade fora de Paradis fosse erradicada. Com a ativação do estrondo Annie Leohart se liberta do cristal em que estava presa a anos.

Os membros da tropa de exploração e os soldados de Marley entendem que não conseguiriam derrotar Eren e impedir o estrondo lutando separadamente assim uma nova aliança é formada para deter o estrondo.

Naruto: 10 coisas aconteceram depois que a série acabou e você não sabia

Netflix anuncia série de Resident Evil escrita por diretor de Supernatural

O começo do fim (Capítulo 130 – 138)

Eren, em sua forma suprema, se move junto do estrondo rumo a Marley, a este ponto muitas pessoas já haviam sido esmagadas pelos titãs, e muitos dos antigos amigos de Eren sacrificaram suas vidas para que eles tivessem uma chance de deter o estrondo.

Então as últimas forças de defesa da humanidade se unem para deter o avanço do estrondo, formados por: Annie, Jean, Gabi, Connie, Reiner, Levi, Mikasa e Armin

Uma luta se inicia com Eren, controlando todas as antigas encarnações dos titãs com o poder de Ymir contra a aliança de Paradis e Marley.

Armin e Eren se enfrentam para definir o destino da humanidade. Essa luta se encerra então com Armin abrindo uma brecha para que Mikasa finalizasse Eren.

Eren como titã de ataque em posse do titã fundador

O Fim (Capítulo 139)

Armin acorda em um local onde ele conhecia muito bem. Ao seu lado estava seu melhor amigo, Eren.

Eren diz que finalmente estava acabado, eles teriam a liberdade que sempre almejavam. 

Para sempre todos se lembram de Eren como um demônio e agora, como sua morte significava a morte de Ymir, nenhum titã existiria novamente. Todos eles seriam livres para viver uma vida normal, sem guerras.

Tudo o que Eren desejava era que esquecessem dele, Mikasa precisava viver uma feliz com outra pessoa, mesmo que Eren a amasse seria melhor que ela deixasse ele, assim como Armin que se tornaria o “Herói que salvou a humanidade”.

Essa conversa já havia acontecido, pouco antes da declaração de guerra a Marley. Eren já havia informado o plano de unificar o mundo com um inimigo em comum: O titã de ataque. Porém para que tudo funcionasse ele precisava apagar a memória de todo.

Ele precisava ser um inimigo real.

No momento em que beijou a mão de Historia ele sabia que esse era o único destino possível.

Mikasa carregava a cabeça decapitada de seu irmão. O estrondo havia parado e os titãs já não mais existiam.

A humanidade poderia viver em paz novamente.

Três anos se passam, Marley continua em guerra com a Aliança Yeagerista, isso nunca mudaria.

Agora Reiner, Armin, Annie, Jean e Connie se tornam diplomatas de Marley com Paradis, contatando diretamente a rainha Historia. Levi, debilitado pela guerra, decide ficar em Marley junto de Gabi e Falco.

Mikasa era a única que havia se separado do grupo. Ela enterrou Eren na árvore onde a muito tempo eles colhiam gravetos.

Sentada aguardando a chegada de seus amigos, ela chora ao lembrar do falecido irmão. Seu cachecol cai para uma gaivota arrumá-lo com o bico em volta do pescoço da garota.

Tudo se encerra então com a frase: 

Eren… Obrigada por enrolar esse cachecol ao redor de mim… Você está livre.

O fim de Shingeki no Kyojin

Com isso, Isayama nos apresenta o fim de Shingeki no Kyojin. A obra ainda possuí a segunda parte do anime previsto para estreia em 2022, finalizando o anime.

Eduardo