The Last of Us Parte 2: análise do trailer da State of Play

The Last of Us Parte 2: análise do trailer da State of Play

O trailer de The Last of Us Parte 2 divulgado na State of Play revelou muito mais que a data de lançamento do jogo (21 de fevereiro), nos trouxe inúmeras respostas para dúvidas que tínhamos.

https://youtu.be/T7Gx6erJudE

Abaixo, uma análise em tópicos de pontos altos do jogo e que nos contam um pouco mais da jornada de Ellie e Joel. Também fiz um vídeo, caso você prefira assistir a ler.

https://youtu.be/3bukgfb_iQQ

Ao que tudo indica, o que acompanhamos no trailer é a premissa do jogo, o início da jornada. Com exceção das cenas de gameplay, o que é mencionado como história, se passa no início. Chuto que até uma hora e meia de um jogo com cerca de treze horas fora os extras.

Ellie percebendo que caiu na cilada do amor – momentos antes da tempestade

The Last of Us Parte 2: Ellie caiu em uma armadilha

Olhe bem para a cara da Ellie e perceba o quão perdida ela está no amor por Dina. As duas conversam sobre o beijo na festa da noite passada, é possível reparar que essa cena traz cores e luz, o que indica muita tranquilidade.

Dá pra perceber o mesmo na cena do baile do trailer anterior em que elas se beijam, o que reforça que é o início do jogo.

Ellie está perdidamente apaixonada e será capaz de fazer qualquer coisa por sua amada

Tudo isso deve se passar antes do foco principal do jogo em ódio. Neil Druckman já ressaltou que essa é a temática do game. Enquanto o primeiro era sobre amor – e aparece se extender no começo de TLOUS 2 – o segundo é sobre o contrário e parece que vai ter vingança.

Veja como é Dina de
The Last of Us II na vida real


Reparar que ela está perdidamente apaixonada é fundamental, faz parte do primeiro pequeno plot que o jogo vai nos apresentar.

Será que tem PC Gamer nessa cidade?
  • Luz em meio as trevas: A cidade em que estão (que parece Jacksonville), tem luz. Próximo do final do primeiro jogo vemos Tommy (irmão de Joel) e o pessoal da cidade conseguindo ligar um gerador e tudo deu muito certo.

    Apesar de o primeiro trailer já revelar que teriam eletricidade e Neil Druckman ter comentado em entrevista, essa é nossa primeira boa olhada na vila iluminada.

    E ela parece que tem caipira pra tudo quanto é lado – comento melhor isso depois.
Como estão vivendo os animais no universo de The Last of Us Parte 2?
  • O que aconteceu com os animais?: Em um mundo selvagem, com certeza há muitos animais. Os humanos sobrevivente continuam se alimentado deles, ao que tudo indica, mas o alce da imagem acima não parece ter sido devorado por um de nós.

    Ou pelo menos não por alguém não infectado. Mas há ainda uma outra opção. Sabemos que o fungo se desenvolveu e começou a se espalhar através dos macacos. É muito possível que alguns desses animais tenham evoluído, resultando em infectados diferentes dos que vimos até agora.

    De qualquer forma, o alce da imagem pode ter sido uma mera vítima de lobos ou outro predador.
Por quê?
  • Por que você está de máscara, Ellie?: Sabemos que ela é imune, esse era o seu super poder e nós nos acostumamos com isso. Será que isso está para mudar?
Quem são essas pessoas?
  • O jogo terá diversas tramas: O ponto principal do jogo, ao que tudo indica, será a vingança de Ellie ao grupo de pessoas que mataram Dina. Ou raptaram. É. Ainda há a chance de ela estar viva, apesar de pouco provável.

    Nos primeiros trailers vimos uma espécie de grupo religioso, em alguns trechos desse nós vemos pessoas que parecem militares e nessa cena algo que parece bastante separado de tudo.

    Isso mostra que, assim como em The Last of Us, que mostrou diversas barreiras além da trama principal, a Parte 2 vai ser repleta de sub-histórias.
Alguém tá precisando tomar um remedinho?
  • É o fim da imunidade: Troy Baker (Joel) e Ashley Johnson (Ellie) comentaram ter gravado um dos primeiros trailers antes de o jogo entrar em estágios relevantes de desenvolvimento. Sabe aquele em que a Ellie está tocando violão? Então, fizeram no início de tudo.

    Ele traz tudo que a gente precisa saber sobre o jogo. Ellie e Joel estarão juntos, enquanto a garota busca vingança por algo, o velhote tá ali pronto para ajudar ela nessa jornada.

    Como traz o que é mais importante, tem algo que demonstra que pode nos dar uma boa pista de algo altamente importante, a tremidinha de mão. Ellie pode ter mesmo perdido sua imunidade ao fungo.

    O fungo se instalou no cérebro dela, por isso morreria ao ser operada no fim do jogo. Parece que a infecção avançou e está afetando seu sistema nervoso, causando esse chacoalhar de mão.
Muitos anos se passaram e a infecção está mais forte

Novas armas e novos inimigos:

  • A infecção está naquele mundo mais forte do que antes, mais estável. Seguindo essa lógica, é de se esperar que esse jogo tenha muitos inimigos completamente tomados pelo Cordyceps.

    O resultado é esse humanoide bizarro com feridas, fungos e toda essa asquerosidade que vemos na imagem.

    A Ellie aponta um rifle de mira, será interessante brincar com essa arma, apesar de ser uma situação bem complicada. Me pergunto se é possível passar por eles nesse trecho completamente no modo stealth.
Au Au
  • WTF! UM CACHORRO!: Tem um dog no trailer de The Last of Us Parte 2. Só isso que eu queria comentar. Brincadeira. Isso pode reforçar aquilo que comentei sobre as infecções em animais, além de ser muito interessante.

    Mas como o dog parece estar em um canil, é provável que esteja sendo cuidado por algum humano mau. E o cachorro também não está sendo um bom garoto.
Tirem as crianças da sala
  • Esse é um jogo para adultos (+18): Se você tem menos de 18 anos, pode não estar pronto para jogar esse game. Pelo menos segundo a indicação oficial dele.

    Até agora vimos tripas sendo expostas, headshots e agora até explosões corporais, dilacerações. Isso representa o universo em que eles vivem, você não é obrigado a jogar se não gosta de jogos violentos.

Joel está de volta em The Last of Us Parte 2:

Achei genial a forma como os olhares da Ellie indicam que ela percebeu que é Joel atrás dela. Mesmo que não seja o cara que pode ser considerado paizão dela (há controvérsias), temos que dar os parabéns para a atuação de Ashley Johnson e os desenvolvedores dessa parada.

Ellie percebendo que é Joel logo atrás dela (ou não…)

PQP! É esse tipo de detalhe que me faz querer sumir durante uma semana para jogar The Last of Us Parte 2 quando ele chegar.

O tempo passa, my friend!

É claro que o queridão, porém mentiroso, Joel está diferente. Ele tá velhão! E, apesar de parecer estar conversando com a Ellie, já que ela é protagonista do jogo e a grande maioria das cutscenes devem ter ela, parece que o ambiente em que está é diferente.

A Ellie parece estar em um lugar mais arejado, enquanto ele está no interior de uma casa.

Você não percebeu esse detalhe
absurdo em The Last of Us parte 2

Sendo sincero, se você olhar no canto esquerdo da primeira imagem, em que a Ellie aparece, dá pra ver um fundo cinza, que pode ser a continuação da escada que aparece na imagem de Joel. É claro que pode ser sacanagem da Naughty Dog, mas duvido muito disso. Só duvido mesmo.

“O que diabos você está fazendo aqui?”

A sinopse do jogo diz que Joel e Ellie partem em uma jornada inesperada, portanto, creio que estarão juntos nessa e tudo que foi mostrado no trailer de The Last of Us Parte 2 é o início, apenas o começo da narrativa fantástica que chega para Playstation 4 dia 21 de fevereiro de 2020.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)