Xiaomi: Os 4 melhores smartphones da marca POCO para você comprar

Xiaomi: Os 4 melhores smartphones da marca POCO para você comprar

Desde que atravessou o continente para fazer história no Brasil, a Xiaomi vem se tornando a marca queridinha entre os brasileiros. Mas será que ela corre o risco de encontrar uma competição além das outras? Contra uma marca da própria casa?

Hoje o Pixel Nerd irá elencar os melhores smartphones da brand chinesa e apresentar a nova top de linha POCO que parece estar fazendo bastante sucesso entre os consumistas.

Pocophone

Decolado aqui desde 2019, o Pocophone é descrito como um smartphone intermediário com hardware poderoso e principalmente direcionado ao público gamer por rodar imagens FULL HD em jogos, além de ser resistente e permanecer com uma bateria rentável por horas, o que gerou bastante preocupação em redes de concorrência.

E se os detalhes técnicos não forem o suficiente para demonstrar o quanto os celulares da marca são bons, o custo benefício talvez seja uma grande vantagem para quem estiver com o pé atrás em consumir o produto. Quase sempre na faixa dos R$ 1.000, 00, o POCO entrega bastante no quesito qualidade, impondo sofisticação em aparelhos com expectativa baixa.

Todas essas características acompanham as diferentes linhas que saem ano após ano e estes aparelhos chegam a ser tão marcantes em funcionalidade que conseguiram criar um nicho de venda independente onde os próprios compradores vão em busca dos aparelhos importados.

1. Poco F3

O Poco F3 é um dos melhores da nova leva de Pocophones. Além de uma traseira de vidro, o aparelho possui um processador FULL HDR10 e uma Amoled de 120 Hz, perfeito para gamers que procuram aparelhos com fluídez de imagem. Descrito como um “acerto muito grande da Xiaomi” o celular é um dos muitos dessa lista que vem com um processador Snapdragon de 860.

2. Poco X3 Pro

Embora seja bem mais abaixo do que o Poco F3 em questão de qualidade, o Poco F3 Pro entra com um custo bem mais abaixo de preço. O celular possui uma tela de 6. 67 polegadas com o já mencionado HDR10 para alocação de imagens.

Com 6g (ou 8g, dependendo de onde se compra) de memória RAM e 128 de armazenamento interno o usuário poderá baixar quantos jogos quiser, sem se preocupar com espaço.

Poco M3

Entrando como um dos mais interessantes celulares da lista, o Poco M3 gabarita em todas as questões, inclusive de aparência. Mais acessível e econômico, ele possui uma interface e modelo amigáveis, perfeito para quem gosta de exibir seus aparelhos para os amigos.

Barato, básico e equilibrado, o Poco M3 tem bateria rentável com duração de 25 horas, além de um carregamento de bateria própria em menos de 1 hora e meia, perfeito para quem necessita de horas de imersões no aparelho.

Poco F2 Pro

Muitas vezes um celular, apesar de novo, quando entra debaixo do sol pode conter uma luz mais fraca decepcionando em questão visual. Mas esse não é o problema do Poco F2 Pro que possui um brilho alto mesmo a luz do dia.

Na falta de estoque deste aparelho recomendamos os que estão acima

O phone possui Gorilla Glass 5 resistente além de uma Super Amoled com câmera pop-up, traseira em vidro e estrutura de metal para quem procura fugir do básico plástico. O som entra com uma qualidade potente, perfeito para quem gosta de assistir sérios no celular ou ouvir músicas no último volume.

Consideração final

Embora tenha um repertório de críticas ao longo dos anos – com relação a montagens que tiram e colocam recursos de modelos antigos para colocar nos novos – o Pocophone não veio para substituir a marca Xiaomi em si, mas expandi-la dentro de um nicho de celulares flagship ou seja, os “top de linha”. Nesmo sendo tão bom em quesitos, há algumas considerações a serem relevadas.

A câmera com uma qualidade HDR, por exemplo, não é exatamente perfeita e as saídas de aúdio e infravermelho podem deixar o dispositivo desprotegido em caso de derramamento de água. Mas estes são detalhes que só não passam despercebidos por reviewers de celulares, o público que mais comumente irá consumi-los para engajar seus conteúdos e compartilha-los com outros consumidores.

E você? Já tem um Pocophone? Acha que é a melhor ou pior linha de celulares? Comente e nos deixe saber.

Matheus Martins

Escritor, 25 anos, apaixonado por literatura e Stephen King. Teve um exemplar jogado na própria cabeça como incentivo e hoje afunda a cabeça em cubículos do Call Center. À noite, as máquinas ligam e ele dá vida às palavras e histórias que alugam um triplex na sua cabeça.