YouTube remove 11 milhões de vídeos em um único trimestre

YouTube remove 11 milhões de vídeos em um único trimestre

O YouTube afirma que bateu um recorde próprio recentemente envolvendo a remoção de vídeos da plataforma.

De acordo com o comunicado oficial, o segundo trimestre de 2020 foi o que mais teve vídeos retirados de todos os tempos. Ao todo, foram 11.401.696 de vídeos removidos do site, sendo efetuado por algoritmos.

Conteúdos identificados como violadores das diretrizes da comunidade YouTube foram retirados do ar como nunca na história da plataforma.

Por que o YouTube removeu mais vídeos neste ano?

Devido à pandemia de COVID-19, a empresa mudou a forma de trabalho, muitos de seus funcionários que faziam a revisão manual não puderam cumprir com a tarefa por conta da mudança drástica de rotina no mundo.

As remoções citadas acima ocorreram no período entre abril e junho de 2020, incluindo sinalização automatizada e revisões humanas.

RELACIONADOS:
YouTube: contamos nossa experiência com o site de vídeos no Brocast #11

Em contraste, o YouTube retirou 8.988.500 vídeos no mesmo período do ano passado, de acordo com seu relatório trimestral de aplicação das diretrizes da comunidade.

Em uma postagem do blog, o YouTube disse:

“Ao contar com a capacidade de revisão humana muito reduzida devido ao COVID-19, fomos forçados a fazer uma escolha entre a potencial subexecução ou a potencial superexposição … Como a responsabilidade é nossa prioridade, escolhemos a última – usando tecnologia para ajudar com alguns dos trabalhos normalmente realizados pelos revisores. “

A empresa controladora do YouTube, a Google, anunciou seus planos no mês passado de permitir que seus funcionários trabalhassem de casa durante o verão de 2021 devido à pandemia.

O pedido se aplica a funcionários Google nos EUA, Reino Unido, Índia, Brasil e outros escritórios de empresas em todo o mundo.

O serviço de compartilhamento de vídeos também permitiu um “nível mais baixo de precisão” para vídeos em certas áreas políticas sensíveis, incluindo extremismo violento e segurança infantil, mesmo que isso significasse remover conteúdo que não fosse contra suas políticas.

Como resultado, a mudança viu um aumento de mais de três vezes no número de conteúdo removido devido a essas políticas específicas.

Para os criadores, o YouTube disse que se certificou de que sua crescente dependência da tecnologia teria o mínimo de interrupções em seu conteúdo.

Isso foi feito ao não emitir avisos em vídeos removidos sem revisão humana e tornando mais fácil para os proprietários apelarem das remoções se eles acreditarem que foram feitas por engano.

O YouTube observou que o volume de vídeos restaurados mediante recurso aumentou de 25% dos recursos no primeiro trimestre para 50% dos recursos no segundo trimestre de 2020, embora esses recursos representem apenas menos de 3% dos vídeos removidos.

Fonte: YouTube

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)