A jornada de Geralt em Soul Calibur 6 foi mais emocionante do que eu esperava | Análise

A jornada de Geralt em Soul Calibur 6 foi mais emocionante do que eu esperava | Análise

A Bandai Namco nos enviou uma cópia de Soul Calibur 6 para PC no fim de semana e vários pontos do jogo merecem destaque, incluindo a história nostálgica e o excelente sistema de criação de personagens.

Neste texto, vou falar sobre uma parada que me marcou bastante até agora: a jornada de Geralt de Rivia, de The Witcher 3: Wild Hunt. 

Conteúdos sobre The Witcher aqui no site

A franquia Soul Calibur é conhecida por trazer personagens convidados para seus games e já tivemos até Mestre Yoda e Darth Vader enfrentando a galera que se aventura em busca da Soul Edge.

A parceria com a CD Projekt Red conseguiu tirar Geralt do universo de The Witcher pela primeira vez para contar uma história morna do bruxeiro, mas que pode gerar emoções fortes até o seu final.

Como Geralt vai parar em Soul Calibur 6?

Apesar de parecer meio aleatório, o pessoal da Bandai Namco conseguiu encaixar o protagonista de The Witcher no universo de Soul Calibur de uma forma que faz sentido.

Durante um de seus serviços como bruxo, Geralt acaba conhecendo uma feiticeira capaz de abrir portais entre dimensões (e não estamos falando da Ciri).

O contrato tem como objetivo erradicar a feiticeira, já que ela poderia utilizar os portais de forma maligna e acabar soltando mais monstros por aí.

Ao encontra-la, Geralt não acredita em sua inocência, o que acaba levando a conversa dos dois para fins extremos.

geralt-mitsurigi-historia-soul-calibur-6-origem-historia

Contra a vontade do bruxo, que não curte viajar em portais, a feiticeira acaba o transportando para um novo mundo para provar que sua pesquisa não estava ligada com demônios e monstros.

Geralt acaba caindo numa cópia de Kaer Morhen (sim, até a presença do cenário tem sentido) e, após um encontro com Zasalamel, descobre que não está mais em casa.

Depois disso, o protagonista de The Witcher parte em uma aventura nesse novo mundo em busca de uma forma de voltar pra casa.

Infelizmente, em nenhum momento o bruxeiro encontra a Soul Edge ou chega a se aproximar dos guerreiros que lutam para destruir ou possuir a espada.

Mesmo assim, a onda do mal liberada acaba gerando inimigos que ficam atrapalhando o caçador de monstros.

A história está longe de ser tão boa quanto o que temos em algumas missões de The Witcher 3, mas temos um ponto que faz a entrada de Geralt em Soul Calibur 6 ser bastante especial.

Encontro emocionante

geralt-mitsurigi-historia-soul-calibur-6

Em sua jornada, a maioria dos confrontos de Geralt são contra inimigos genéricos e os encontros com personagens principais da franquia não são recorrentes.

Isso torna a experiência meio… meh, diferente do padrão de narrativa que vemos nos jogos do bruxeiro.

Além de Sazalamel, o lobo branco também encontra o Edge Master, que não luta, no começo de sua aventura em Soul Calibur 6.

No final da história de Geralt, porém, finalmente temos um embate emocionante e que é capaz de encher o coração dos fãs da franquia Soul Calibur de nostalgia.

O habilidoso caçador de monstros finalmente encara um inimigo a sua altura: Mitsurugi, um dos protagonistas da franquia desde Soul Edge, de 1996.

Assim como Geralt, Mitsurugi é um guerreiro habilidoso, conhecido por ser forte e que não dispensa desafios.

O encontro dos dois era algo que eu jamais havia imaginado, e que eu não sabia que precisava ver.

Mitsurugi vs Geralt é algo que eu não
sabia que precisava até vivenciar

Desde a época de Soul Edge, Mitsurugi é conhecido por sua bravura.

Tanto que após derrotar a espada maligna pela primeira vez, ele luta contra um cara armado com um rifle para provar o seu valor.

No outro lado do ringue, o caçador de monstros mais famoso de todos, suas duas lâminas e um conjunto de poderosos feitiços.

Ao incorporar Geralt e enfrentar Mitsurugi, senti como se estivesse enfrentando a mim mesmo com 7 anos de idade.

Um dos meus personagem preferidos da época do PS1 trocando golpes com o protagonista de um dos melhores games que joguei nos últimos anos.

Isso, meus amigos, é o que eu chamo de felicidade.

geralt-mitsurigi-historia

Soul Calibur 6 é o primeiro jogo da franquia a chegar oficialmente no PC.

Se você, assim como eu, teve pouco contato com outros jogos por causa da exclusividade dos consoles, essa é uma boa hora para entrar nesse mundo.

Para quem terminou The Witcher 3 e está e precisa de mais Geralt na vida, o novo jogo da Bandai Namco é a forma mais divertida de se ter isso atualmente.

Além de contar com uma lore, o personagem tem um baita gameplay misturando espada e feitiços.

E se você está na intercessão entre as duas franquias, meu amigo (a), prepare-se, pois ver a briga de Mitsurugi e o lobo branco pode ser mais emocionante do que imagina.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.