Conheça Brotherhood United, o jogo indie brasileiro que será sorteado aos nossos apoiadores!

Conheça Brotherhood United, o jogo indie brasileiro que será sorteado aos nossos apoiadores!

O Nacionais é feito por apenas dois estudantes de jornalismo que trabalham/estudam diariamente, o que torna o projeto desafiador, mas ao mesmo tempo motivante e apaixonante: nós fazemos porque amamos. Recentemente começamos uma campanha de financiamento coletivo para conseguirmos mais tempo para falar sobre games, e para agradecer quem nos ajuda, resolvermos sortear mensalmente um jogo para os “patrões”.

O primeiro game da campanha de financiamento coletivo será sorteado no começo de agosto e se chama Brotherhood United. O indie brasileiro apareceu por acaso na entre nossas pautas, mas tem uma história mais parecida com a nossa do que imaginávamos.

Lançado na Steam em junho deste ano pelo estúdio Greedy Hollow, o game é o primeiro grande projeto do desenvolvedor Moisés Abraham, de 23 anos. Assim como o Nacionais representa um sonho se realizando para mim e o Neri, Brotherhood United é a investida inicial do criador de games brasileiro e marca sua entrada neste disputado mercado.

Segundo Abraham, o jogo foi desenvolvido durante dois anos e serviu como trabalho de conclusão para o seu curso de Tecnologia e Desenvolvimento de Jogos Digitais na Unisinos-RS. “Como desde o início o meu objetivo era trabalhar desenvolvendo jogos, escolhi terminar a faculdade com um produto já sendo encaminhado para o mercado”, explica o criador do game.

Revivendo os clássicos

Com jogabilidade 2D e gráficos pixelizados, Brotherhood United foi feito para reviver o “feeling” dos jogos run and gun das antigas, uma proposta parecida com o que tivemos em Cuphead no ano passado.

Brotherhood United te coloca na pele de um membro da Irmandade, um grupo de amigos que não leva desaforo pra casa e curte uma confusão. Após um rolê desfuncional num bar, você sai matando geral com diversas armas e até mechas! MECHAS!

O jogo conta com 20 missões com alto grau de replay e bastante ritmo graças a trilha sonora bem agitada. Outro destaque são os oito chefes com diferentes padrões de ataque e estética. Segundo Moisés, um deles também foi utilizado para teste para uma mecânica de inteligência artificial, o que torna enfrenta-lo mais desafiador.

Se você teve mais dificuldade na hora de enfrentar o Metal Crab, da missão “The Claw”, isso pode ter acontecido por causa da IA do chefão, que aprende com seus movimentos e padrões para bolar os seus ataques.

Além dessa mecânica, Brotherhood United também conta com outras diferenças bem vindas quando comparado aos jogos run and gun mais antigos, como a personalização de personagem e um sistema de recarga rápida que podia aparecer em outros jogos do gênero.

De acordo com Abraham, seu principal objetivo como desenvolvedor é esse: pegar franquias que ele ama e criar jogos similares com suas próprias ideias, algo parecido com o que aconteceu com Stardew Valley. No caso de Brotherhood United, o jogo que serviu de inspiração foi Metal Slug.

“Eu escolhi entrar nessa indústria para produzir games semelhantes aos que eu jogava na infância e poder introduzir minhas próprias ideias e diferenciais a eles.”

Felizmente, podemos dizer que isso deu certo em Brotherhood United. Mesmo sendo um jogo simples, o gameplay variado, com diferentes armas e inimigos, consegue entreter e fazer você querer voltar ao game para bater todos os chefões.

A estrada até aqui

Apesar de Brotherhood United ter sido feito em dois anos, um período relativamente rápido para um jogo indie feito por uma pessoa, o desenvolvimento do game foi marcado por algumas dificuldades. Como o título foi o primeiro projeto profissional de Moisés, ele teve que aprender muita coisa “na marra”.

“A fase de polimento do jogo foi com certeza a mais complicada” conta o desenvolvedor. “Eu tive que zerar o jogo várias vezes a procura de bugs e consertar tudo para lançar o game”. Além do trabalho duro, Moisés também sentiu a principal dificuldade presente em projetos independentes: a chance de dar errado e perder muito tempo.

“A principal dificuldade foi trabalhar horas e horas do meu dia por tanto tempo em um produto que não se sabe o real retorno financeiro que ele irá trazer”

Agora que o jogo está lançado, o principal desafio é se manter relevante na Steam dentro de um mar de jogos. Com o fim do Greenlight e a chegada do sistema de lançamento Direct, a loja da Valve começou a receber centenas de games semanalmente.

Quando entrevistamos Jenna Brown, uma das desenvolvedoras de A Hat In Time, ela nos disse que está cada vez mais difícil se destacar dentro da loja. E se até para o aguardado game da Gears for Breakfest o negócio não foi fácil, imagine para um título feito por um desenvolvedor brasileiro independente.

Brotherhood United receberá multiplayer
local e Modo Gore futuramente!

Segundo Moisés, o primeiro passo para manter o jogo vivo é manter o suporte funcionando. “Você não deixa de trabalhar no jogo só porque ele já foi lançado, tem que ficar atento a comunidade, aos seus fãs e consumidores para caso aconteça algum problema você possa corrigi-lo imediatamente”.

O desenvolvedor também tenta encontrar publicidade espontânea para o game para mantê-lo nos holofotes, uma vez que não tem fundos para grandes investimentos em marketing. Uma das melhores formas para fazer isso é agradando a comunidade, afinal, se as pessoas gostarem do seu jogo, existe uma grande chance de recomendarem para os amigos.

Além disso, o desenvolvedor independente também promete que grandes atualizações estão chegando para Brotherhood United! Segundo Moisés, o jogo receberá futuramente um Gore Mode (modo sanguinário) e um modo multiplayer local, que foi muito pedido pelos jogadores.

Ajude o Nacionais e concorra a Brotherhood United

https://www.youtube.com/watch?v=M0QyWTokRfY

Se você curtiu a ideia de Brotherhood United e quer ajudar a carreira desse promissor desenvolvedor brasileiro, o game está disponível na Steam por R$ 11,99 – e com certeza ficará ainda mais barato nas promoções da loja!

Você também pode ganhar o jogo na faixa colaborando com a nossa campanha no Apoia.se e ajudando a gente a fazer ainda mais vídeos, reportagens, podcasts e análises!

Quem ajudar o Nacionais a fazer coisas maneiras, concorrerá todo mês a um jogo! Para participar é só ir até https://apoia.se/nacionais e virar nosso patrão! Com apenas cinco reais você já está concorrendo e ganha algumas regalias bem maneiras, como participar do nosso grupo no Facebook e ficar mais próximo das nossas produções.

O sorteio de Brotherhood United acontecerá na primeira semana de agosto e o vencedor será anunciado aqui no site e nas nossas redes sociais, junto com o próximo jogo a ser sorteado!

Venha para o Apoia.se e concorra a um jogo por mês!

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.