Headliner: NoviNews te faz ser um jornalista em um governo autoritário | Jogo indie

Headliner: NoviNews te faz ser um jornalista em um governo autoritário | Jogo indie

A mídia é uma parte essencial da sociedade e nunca esteve tão em pauta quanto atualmente graças às eleições. O assunto também chegou aos games em outubro graças a Headliner: NoviNews, um jogo independente da Unbound Creations que te coloca na pele de um jornalista que trabalha para um governo autoritário.

Disponível exclusivamente no PC, o jogo foi desenvolvido por apenas quatro pessoas, que foram lideradas pelo polonês Jakub Kasztalski, um cara que já tem experiência com games e manja bastante de conflitos éticos e humanidade.

O jogo é o quarto projeto do desenvolvedor e é o sucessor espiritual de Headliner, que segue a mesma linha de gameplay. A nova investida é uma espécie de atualização, abordando assuntos que estão em alta atualmente e trazendo gráficos mais polidos.

https://www.youtube.com/watch?v=mgfWogDmKW8

“Cada jogo aborda questões relevantes para o período em que foram feitas”, explica o criador. “No entanto, elas são deliberadamente colocadas em cenários fictícios para permitir que os jogadores se distanciem.”

O poder das notícias

Em Headliner: NoviNews, você mora num país autoritário e as notícias publicadas pelo governo são o único meio de comunicação em massa disponível, onde você é o editor. Ou seja, todas as suas ações geram impacto no país e também nas pessoas ao ser redor.

Todas as suas ações geram impacto no país e nas pessoas ao seu redor

O gameplay gira em torno de aprovar ou não matérias para o jornal, mas tudo fica mais pesado quando você vai pra rua e lida com as suas escolhas. Dependendo do que sai na mídia, as pessoas perdem empregos, a violência aumenta, as doenças se proliferam.

O jogo me cativou por dar ao jogador a possibilidade de seguir o caminho que quiser, desde ser um ultra militante de esquerda até um extremista xenófobo da direita. Para quem é uma pessoa normal, o game também possui escolhas brandas, mas que também trazem consequências. Como o próprio chefe do jornal diz: “Até mesmo o silêncio é um posicionamento”.

Reviews negativas

Eu troquei uma ideia com o criador do jogo e ele disse que a recepção de Headliner: NoviNews doi muito positiva, mas algumas pessoas chegaram a dar reviews negativas para o game por abordar temas polêmicos de forma tão direta, achando que o Headliner é um game que escolhe um lado e ataca quem pensa diferente.

“Uma das reviews negativas favoritas veio de um usuário reclamando que o jogo pune escolhas conservadoras. Poucos minutos depois, ele mesmo respondeu ao seu próprio comentário dizendo que, em uma análise mais aprofundada, viu que o jogo também pune as escolhas de esquerda”, conta o desenvolvedor.

Outro caso curioso foram as pessoas mais extremistas que negativaram o jogo na Steam por trazer uma opção de usar pronomes não-binários para o usuário. Enfatizando: trazer uma opção. Ainda assim, a escolha foi positiva para quem realmente importa. “O pessoal do Reddit LGBTQ ficou agradecido pela inclusão”, disse o criador de Headliner.

Enfrente suas crenças

Segundo o fundador da Unbound Creations, o objetivo de Headliner: NoviNews é fazer o jogador enfrentar o que acredita e mostrar que em todas as escolhas possíveis, sempre existem consequências boas e ruins.

Ao todo, Headliner: NoviNews conta com cinco caminhos, cada um trazendo diferentes ramificações para os personagens envolvidos. Com isso, o jogo cobre uma grande gama de escolhas e consegue mostrar de diferentes formas como é difícil lidar com o poder.

Headliner é um jogo corajoso ao colocar os ideais do jogador em pauta

A parte mais interessante nisso tudo é como o jogo acaba se aproximando da realidade ao fazer isso. Em um dos meus jogos, por exemplo, rolaram crises envolvendo privacidade e atentados contra políticos, temas que são bem recorrentes na sociedade e até mesmo aconteceram no Brasil recentemente.

Segundo o criador, o time estudou de forma aprofundada assuntos como Fake News, liberdade de imprensa e a ascensão de políticos autoritários para refletir um pouco da realidade no game.

Com isso, além de ser um título que referencia a realidade, o novo Headliner também funciona como uma espécie de documento, como um conto ou crônica, mostrando um pouco da época em que vivemos. A diferença para um livro ou filme é que o jogador pode fazer as escolhas e trilhar seu próprio caminho.

Headliner NoviNews está disponível na Steam e infelizmente não tem legendas em português. Mas se você manja de inglês e ainda não superou o clima das eleições, o game é uma experiência que vale muito a pena.

Mas eu já vou avisando, o final que você conseguir possivelmente não vai te agradar. Ainda assim, você tem a opção de tentar os outros caminhos. A dúvida que fica é: você vai conseguir ir contra suas crenças e fazer diferente?

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.