Os 10 Melhores Animes Para Você Assistir em 2022

Os 10 Melhores Animes Para Você Assistir em 2022

Desde que o mundo é mundo, as animações japonesas ganham popularidade entre públicos de todas as idades justamente por serem um tipo de produção televisiva pensada tanto para otakus jovens quanto para adultos; um perfil que segue completamente diverso nos dias de hoje. Suas histórias são geralmente shounens recheadas de personagens principais (os famigerados “heróis”) lutando contra inimigos ou desafios a serem superados, além de acompanhados por um grupo ou time de amigos.

Atualmente, alguns animes do gênero se destacam mais que outros e é fácil reconhecer isso quando eles carregam uma legião de fãs ou sustenetem um enredo que atraía milhões de uma maneira interessante. Desde os mais considerados gores aos legendários e nostálgicos, apresentamos a vocês uma lista com os 10 Melhores Animes Para Você Assistir em 2022!

1. Attack On Titan (Shingeki no Kyojin)

Um anime que tem dado o que falar. É assim que começa a descrição de Attack On Titan (ou Shingeki no Kyojin, para alguns). Seu estilo de animação com paletas escuras e gráficos bastante realistas poderia ser uma das suas maiores características, mas a grande verdade é que sua trama – principalmente a demonstrada em sua temporada mais recente e em exibição – é a viagem no tempo. O fator influencia na história de uma forma impactante, definindo rumos de personagens e acontecimentos importantes. Apesar da imensa quantidade de sangue, horror e tragédias (além das mortes), muitos fãs apontam para a história bem trabalhada e paradoxal escondida como ponto favorito.

Tudo começa quando Eren Yager, um garoto de 10 anos, vê sua casa sendo esmagada por um Titã (criaturas gigantes e humanóides) e sua mãe devorada. Ele promete vingança e se junta a um batalhão destinado a acabar com os Titãs para vingar a morte de boa parte da humanidade e dos habitantes que moravam atrás da Muralha Maria.

Atualmente, Shingeki conta como um dos animes mais populares do momento e está em sua 4ª temporada, definida como a final.

2. Boruto

O anime é um derivado de um dos melhores animes do mundo, Naruto. Ele segue o filho do herói do anime clássico e seu treinamento para se tornar um ninja atrás da sombra do pai, o atual Hokage da Vila da Folha que salvou o mundo shinobi diversas vezes.

Assim como o pai, Boruto Uzumaki é cheio de habilidades interessantes que o colocam na frente de seus inimigos, além de uma profecia fatal que compromete o seu destino. Ao lado dos filhos de personagens do passado, ele começa suas aventuras buscando fazer seu nome no universo shinobi.

Apesar de apresentar uma nova geração de ninjas e conter elementos que lembrem Naruto Shippuden, a história consegue trazer arcos interessantes que envolvam o primeiro anime sem que se apague os novos shinobis, alguns deles sendo a volta das origens de inimigos passados e a morte de um personagem importantíssimo.

3. Bleach

O anime teve seu fim em 2012, bem perto do último arco que completaria a história, o que desagradou muitos fãs. Alguns dos motivos que fizeram a animação parar de ser exibida foi a queda na qualidade das histórias e a baixa venda de mangás que não conseguiam acompanhar outros desenhos concorrentes.

Apesar disso, Bleach continuou tendo relevância entre os otakus em cosplayers, colecionáveis e diversas outras animações que se baseiam muito na série de sucesso. Depois da concluisão da sua história no mangá em 2016, finalmente irá ganhar uma animação nova em Outubro desse ano que continuará os eventos exatamente onde foi parada, então se torna uma boa pedida para ser maratonada.

O shounen narra a história de Ichigo Kurosaki, um adolescente capaz de se comunicar com espíritos e seu encontro com Rukia, uma shinigami (Ceifeira de Almas). Quando Rukia encontra dificuldade na batalha contra um Hollow, uma criatura das trevas, ela repassa seus poderes para Ichigo, que também se torna um shinigami. Em suas diversas temporadas, Ichico e Rukia precisam enfrentar a Sociedade das Almas por quebrar leis consideradas sagradas para os shinigamis ao passo que descobrem uma conspiração no mundo espiritual entre fortes e poderosos inimigos.

4. Demon Slayer (Kimetsu no Yaiba)

Humor, sangue e demônios andam junto em Kimetsu no Yaba. O anime além de se consagrar como uma das animações de maiores sucesso antes mesmo de ter seu mangá adaptado, virou uma febre em 2019 alcançando bastante popularidade entre os fãs brasileiros com um meme de uma garota pequena correndo como uma faca na boca. É inacreditável pensar que, na mesma produção, haja cenas violentas e batalhas recheadas de sangue e é esse equílibrio que faz com que Demon Slayer seja uma das melhores obras.

Em um mundo onde ataques de demônios acontecem, Tanjiro Kamado perde quase toda a sua família, exceto por sua irmã, Nezuko, que está possuída por uma criatura – embora ainda tenha suas emoções e consciência, o que gera na mesma medida bastante cenas de humor e ação. Encorajado a salvar diversas pessoas do mal que acometeu seus entes queridos, Tanjiro entra para a Demon Slayer, uma organização de combatentes habilidosos cheios de histórias para contar, com o intuito de derrotas as criaturas do mal e o grande chefe deles. O anime está atualmente na reta final de sua 2ª temporada e estreará seu episódio final no dia 13 desse mês.

5. Boku no Hero (My Hero Academy)

Com uma premissa que lembra bastante Sky High – Super Escola de Heróis, Boku no Hero apresenta a história do jovem Izuku Midoriya em um mundo onde todos nascem com poderes, exceto por ele. Nada o impede de ingressar na U. A. para lutar e se tornar um super-herói também. Assim se seguem cenas de luta e de humor e o debate sobre a capacidade de pessoas sem poderes quando, ao se arriscar para salvar All Mighty – um dos maiores heróis do mundo – também ganha poderes, realizando seu sonho.

O anime é um favorito do público com uma avaliação de de 8, 5 no IMDB, tem 103 episódios e 5 OVAs, com previsão da 6ª temporada no ínicio desse outono.

6. One Punch-Man

Entrando na classe de shounens populares, One-Punch Man foi na verdade uma web-comic antes de ter seu próprio manga e anime. Campeão de acessos na internet, se tornou um fenômeno entre os otakus por apresentar um protagonista numa versão um pouco diferente dos tradicionais, e aqui não estamos falando das caretas que Saitama faz ou suas hilárias reações aos seus inimigos – lembrando um pouco o Homem-Aranha nesse sentido. O anime faz uma sátira sobre outros protagonistas de animes que sempre têm em seus enredos o objetivo de se tornarem fortes.

Saitama já é forte. Ele treinou por dias e noites, fez mais de 100 flexões e percorreu quilômetros e, enfim, não sabia mais o que fazer com tanta habilidade adquirida até salvar a vida de um garoto. É nisso que ele se torna o One Punch Man, um super-herói capaz de derrotar seus inimigos com apenas um punho. Rendendo cenas de luta bastante grandiosas, o título é uma boa pedida para quem é muito fã do assunto e se encontra com duas temporadas disponíveis na plataforma Netflix.

7. Jujutsu Kaisen

Com seu OVA se tornando um sucesso de bilheteria no ano passado no Japão, Jujutsu Kaisen chama atenção por ter uma trama mais sombria ao mesmo tempo em que aborda elementos paranormais como feitiçaria, espíritos e as Maldições que têm bastante relevância no contexto da história.

O anime segue Yuji Itadori, um jovem que acabou de perder seu avô e que é um pouco anti-social, tirando algumas exceções. Apesar de ter boas habilidades físicas, é no Clube de Ocultismo que Yuji se encontra. Lá, eles acabam encontrando um artefato amaldiçoado que representa um perigo enorme. Motivado a salvar seus amigos, Yuri engole o dedo e traça seu destino, uma vez que a parte de corpo é pertencente a uma entidade conhecida como o Rei das Maldições.

Com ótimos traços, elementos bem trabalhados que não deixam os personagens secundários de fora, Jujutsu também é bastante aclamado por trabalhar temas clichês – um exemplo aqui é Naruto que tem como posessão sua kyuubi – de uma forma mais aprofundada, seguindo uma linha diferente e impressionante que tira o fôlego do telespectador a cada capítulo. A primeira temporada do anime está disponível na plataforma Crunchyroll.

8. Jojo no Kimyou na Bouken (Jojo’s Bizarre Adventure)

Essa animação antológica mostra as aventuras da família Joestar e seus diferentes inimigos com poderes extremos e planos perigosos. Cheio de cores e traços diferenciados da maioria dos animes, Jojo’s é interessante por se passar em épocas diferentes dando a chance de cada geração contar a sua história de uma maneira que amplia a mitologia do desenho. Aliás, alguns dos personagens e vilões ganham bastante notoriedade em outras temporadas, como é o caso do vilão DIO, que é pai ilegítimo de Giorno Giovanna, um dos mais populares protagonistas de destaque.

A história é mesmo bizarra com algumas habilidades e poses para golpes que alguns consideram estranhas, mas é um shounen de sucesso que se destaca dos demais, fugindo da mesmice da grande maioria e se tornando uma verdadeira obra de arte. Atualmente, o título conta com 4 temporadas na plataforma Netflix, esta última tendo a primeira protagonista feminina joestar.

9. Fullmetal Alchemist ou Fullmetal Alchemist Brotherhood

Emocionante e lendário são poucas palavras para definir o que Fullmetal Alchemist representa para uma legião de fãs que ainda seguem valorizando o anime até hoje. O anime tem tudo de grandioso: personagens profundos, uma trama forte e envolvente, a sensação de perigo e risco em seus combates, seus plots que se desenrolam de maneira concisa, sempre respeitando a história e deixando o telespectador bem ciente de como cada detalhe funciona para o andamento das coisas.

Em sua primeira versão, Fullmetal obteve 27 capítulos que encerraram a história dos irmãos Ed e Al, vítimas de uma alquimia que tirou o corpo de Al e o braço de Ed. À procura da pedra filosofal pela Cidade Central, eles caem numa trama conspiratória envolvendo diversos omúnculos e alquimistas federais corruptos. Brotherhood segue sendo a versão mais completa e elogiada pelos fãs por seguir a história à risca do mangá e dar um desfecho lindo a cada importante personagem.

Um dos motivos para acompanhar Fullmetal apesar de seu encerramento na década passada é o lançamento de seu novo jogo para mobile, em comemoração aos 20 anos do anime, ainda sem data prevista para esse ano.

10. One Piece

One Piece é um dos animes mais longos da história sendo considerado difícil de acompanhar por muitas pessoas. A jornada do pirata que se estica é uma das obras mais centrais e admiradas entre outras de sucesso contando com mais de 1000 episódios, inclusive em seu mangá, existindo assim há mais de duas décadas – quase o equivalente ao que entendemos de séries por Grey’s Anatomy.

Ainda recorrente, tudo começa com Luffy, o protagonista de chapéu de palha que busca nos sete mares encontrar o tesouro de Gol D. Roger e se tornar o Rei dos Piratas. Nesta longa viagem – tanto para Luffy quanto para o telespectador – encontramos os mais diversos personagens, oponentes e frutas mágicas que dão habilidades poderosas a quem as consomem. Apesar de criticado por manter sua longevidade enquanto outras produções terminam e começam a cada novo ano, o título segue com boas críticas em cada novo episódio, em cada novo arco bem escrito e desenhado, mantendo uma linha longa de OVAs e colecionáveis.

Para quem gosta de se perder em estilos do gênero, One Piece é uma boa pedida e conta com todos os seus episódios e arcos na grade da Crunchyroll.

Matheus Martins

Escritor, 25 anos, apaixonado por literatura e Stephen King. Teve um exemplar jogado na própria cabeça como incentivo e hoje afunda a cabeça em cubículos do Call Center. À noite, as máquinas ligam e ele dá vida às palavras e histórias que alugam um triplex na sua cabeça.