Por que Max e Chloe não protagonizam Life is Strange 2? A Dontnod explica

Por que Max e Chloe não protagonizam Life is Strange 2? A Dontnod explica

A Dontnod apresentou tudo sobre Life is Strange 2 nesta semana e o jogo promete trazer uma história tão emocionante quanto os jogos anteriores da franquia.

Apesar disso, alguns fãs estão com um pé atrás com o novo game por causa de uma dúvida: onde estão Max e Chloe, as antigas protagonistas de Life is Strange?

Max e Chloe em Life is Strange ?

As duas personagens são tão amadas pelo público que a história de Chloe até rendeu o spin-off Before The Storm, mas o próximo grande jogo da franquia feito pela Dontnod será protagonizado pelos irmãos Diaz, que são totalmente novos no universo do jogo.

Para sanar as dúvidas dos transeuntes que são aficionados pelas duas garotas, os desenvolvedores de Life is Strange 2 comentaram sobre a ausência das personagens e os rumos da franquia daqui pra frente.

Além do primeiro jogo ter dois finais, o que torna o processo de desenvolvimento de uma sequência extremamente complicado, a desenvolvedora tem planos maiores para a franquia.

Falando ao IGN, o co-diretor de Life is Strange 2, Michael Koch, esclareceu que as histórias do universo de Life is Strange não se limitam apenas ao ciclo de Max Caulfield e Chloe Price.

“Todo mundo amou Max, Chloe, Rachel de Before the Storm. Mas… acabou. Não temos mais nada para contar.

E não queremos fazer isso”, explicou o desenvolvedor, ressaltando que os fãs têm total liberdade para criar novas narrativas com as personagens.

“Existe um monte de ficção dos fãs e é perfeito. Quando a audiência apropria-se dos personagens, é a coisa mais incrível que pode acontecer, é perfeito. Mas para nós, não temos mais nada a fazer. Leve-os para onde você quiser que estejam.” – Michael Koch, da Dontnod.

Raoul Barbet, que também trabalha na direção do game, deu declarações para tranquilizar o público em relação ao futuro de Life is Strange 2.

Ele explicou que é uma franquia que fala de personagens normais e problemas da vida, trazendo problemas sociais, narrativas comuns e empatia. 

“É sobre personagens diários, personagens com histórias que você se envolve, porque reflete nas suas próprias experiências com coisas sobrenaturais.”

Life is Strange é mais do que Max e Chloe

Durante a entrevista, o roteirista Jean Luc-Cano também mencionou uma fala de Joss Whedon, diretor de Os Vingadores, sobre a mudança no protagonismo de Life is Strange:

“Você conhece Joss Whedon? Ele tinha um bom ponto que era ‘Dê à audiência aquilo que eles precisam, e não o que querem.”

Assim como o primeiro Life is Strange representa um grande passo para a indústria de games por trazer duas protagonistas femininas, o novo jogo da franquia visa causar impacto mostrando a realidade de dois jovens mexicanos vivendo nos Estados Unidos.

Para nós, é muito importante falar sobre temas sociais que não são mostrados nos videogames”, explica o roteirista. “E isso é possível com uma nova história, com novos personagens, lidando com diferentes coisas.

Conheça Captain Spirit, jogo gratuito que
se passa no universo de Life is Strange

Levando em conta que a mesma equipe do primeiro game está trabalhando em Life is Strange 2, podemos esperar um enredo de qualidade e escolhas pesadas. O novo jogo também contará com o fato de que as escolhas de Sean influenciam em Daniel, o irmão mais novo, o que deixará tudo ainda mais interessante.

Mudanças de protagonistas são
bem comuns no mundo dos games

Chorar pela partida de Max e Chloe é algo totalmente compreensível, mas elas ainda vão retornar na história em quadrinhos Life is Strange: Dust, e existem rumores de que alguma referência a elas pode aparecer em Life is Strange 2, já que os jogos se passam no mesmo universo.

A Dontnod fez a mudança de protagonistas porque era necessário e, se pararmos pra pensar, isso é algo beeeeem comum no mundo dos games. Grandes franquias como Final Fantasy, GTA, Watch Dogs, Assassin’s Creed.

Até mesmo a minha amada franquia Kingdom Hearts já teve diversos protagonistas diferentes nos seus milhares de spin-offs, e conhecer narrativas diferentes, ver novos ângulos da história é algo que enriquece muito a experiência com qualquer jogo.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.