Fiz o Curso de inglês Carol me Ensina! Valeu a pena? Análise e opinião

Fiz o Curso de inglês Carol me Ensina! Valeu a pena? Análise e opinião

Vi que a procura pelo Curso de inglês Carol me Ensina cresceu nos últimos meses, com pessoas próximas vindo me perguntar se é mesmo bom, se a didática dela funciona ou se é só enrolação. Por isso, resolvi escrever aqui sobre o assunto e dar minha opinião. No geral, a opinião é bastante positiva, com poucas ressalvas pessoais.

Curso de inglês Carol me Ensina vale a pena?

Resolvi fazer o curso da Carol porque precisava aprender inglês para ir aos Estados Unidos, muita gente vai dizer, “mas por que não aprender conversando com o pessoal lá?”. Sim, isso é possível, mas como eu iria trabalhar servindo pessoas e no meu tempo livre (ou quase livre) eu queria passear, não queria perder tempo aprendendo quando estivesse lá.

Fato é que foi antes de ir para a viagem que eu paguei o curso, lembro que paguei com o cartão de crédito do meu pai (hehe), já que ainda não tinha terminado o curso de jornalismo e estava indo para os EUA justamente para guardar uma grana. Eu me planejei com muita antecedência, a viagem era no final de agosto e em janeiro eu já tinha comprado o curso.

Muito conteúdo no Carol me Ensina

Primeiro eu fiquei extremamente assustado, porque eu até sabia falar uma palavra ou outra de inglês, mas lá dentro existiam níveis muito avançados e muito conteúdo, realmente muito. Então eu pensei, me lasquei, nunca vou conseguir aprender isso. A Carol também parecia bastante séria e no começo não curti muito.

Confira a página oficial do
curso de inglês Carol me Ensina

O diferencial foi quando (lembro até hoje) abri uma aula que dizia “Senta a Bunda na Cadeira e Estuda!”. Foi ali que eu entendi, eu estava com preguiça, eu queria apenas o resultado sem me esforçar. Olhando a grade de ensino percebi que era didática, que a Carol era comprometida e resolvi me dedicar, dali pra frente o resultado começou a vir e eu mesmo fiquei surpreso. Senti diferença ao entrar no Omegle, site de chat online em que é possível praticar inglês. Toda noite eu entrava, no final de março eu já estava falando muito bem, com pessoas elogiando meu inglês.

O mais bacana, no meu caso, é que a Carol incluiu um módulo extra para viagens, como eu ia viajar no final do ano, fiquei muito empolgado.

O curso de inglês vale a pena para quem vai fazer provas?

Para quem está se preparando para provas, eu mesmo, em abril daquele ano, pude testar minhas habilidades com conteúdos variados. Eu estava realmente empenhado em aprender inglês e estava com apenas duas matérias de dois créditos na semana para poder estudar.

Em abril, fiz a prova TOEFL (Test of English as a Foreign Language – Teste de Inglês como Língua Estrangeira) na minha faculdade e tirei 102, pontuação considerada alta, não é a classificação mais alta, mas eu fui ridiculamente bem para quem até então não sabia muito de inglês. Ou seja, mesmo eu não indo com a cara da Carol no início (sério, eu teimei um pouco com ela hahaha) a professora fez funcionar.

Nos EUA eu fiquei em uma estação de esqui em Park City, Utah

Por fim, eu cheguei nos Estados Unidos entendendo tudo 90% do que diziam (algumas coisas específicas da região eu tive que aprender lá mesmo)! Puxa, eu fiquei muito feliz, porque achei que iria chegar lá e iria ficar super sem saber como falar. Eu lembro que antes de pegar o curso, o meu maior medo não era nem a pronúncia das palavras, mas era entender o que as outras pessoas diziam lá nos EUA e na hora de elas falarem comigo eu não entender. Eu ficava: “se alguém falar uma palavra diferente das que eu ouvi em Friends eu vou me lascar”.

Em junho, eu já estava mais do que satisfeito com a minha capacidade de conversação, então eu confesso que parei com o curso. Eu tava muito bem, e como eu não queria fazer algo ainda mais avançado, vi que tava mais que bom. Eu sei que o curso da Carol tem vários módulos mais avançados e ela te pega pela mão e leva até o topo, mas eu decidi ficar um pouco mais abaixo só pra ter o suficiente para viajar para os EUA. Hoje sou grato pela Carol por ter ajudado na melhor viagem da minha vida, é nostálgico falar sobre tudo isso.

Espero ter ajudado, lembrando que este é só o meu depoimento, na página do curso oficial da Carol outros depoimentos que podem te esclarecer ainda mais se é isso que procura. Da uma olhada aqui.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)