Mortal Kombat X e Battlefield Hardline: Lembram da época em que famosos dublavam games?

Mortal Kombat X e Battlefield Hardline: Lembram da época em que famosos dublavam games?

Com o anúncio de Mortal Kombat 11 durante o The Game Awards, eu finalmente tomei vergonha na cara e reservei um tempo para apreciar todo o conteúdo de Mortal Kombat X, game lançado em 2015 pela NetherRealm. Os gráficos são maneiros, a história é épica, as lutas são emocionantes e os fatalities, extremamente sangrentos.

Mesmo com todas as qualidades mórbidas que esperamos de um jogo da franquia, um ponto que me chamou a atenção e creio que merece ser levantado novamente é a personagem Cassie Cage. A prole dos clássicos Johnny Cage e Sonya Blade é uma das protagonistas da história e desempenha papel essencial na luta contra o retorno de Shinnok. Na época do lançamento do game, ela também foi tema discussões na internet por causa de um problema: sua voz brasileira.

A importância da localização dos games

Em 2015, a Warner Brasil teve uma das ideias que mais vi dar errado nas campanhas de divulgação de games: colocar alguém famoso para dublar um personagem central da história. No caso de Mortal Kombat, a voz de Cassandra foi feita pela Pitty, uma cantora que eu admiro pacas, mas que deixou a desejar no papel de dubladora.

A dublagem original de Cassie Cage é feita por Ashly Burch, que ganhou prêmios pelo seu trabalho de atuação ao dar voz à Chloe Price, em Life is Strange.

Outro exemplo que ficou muito famoso na época é Battlefield Hardline. O jogo de tiro da EA que retrata a guerra entre polícia e criminosos urbanos, em cenários mais casuais e com narrativas que se assemelham à realidade de muitos brasileiros. Ao invés de apostar em uma voz forte e imponente para o policial cubano Nick Mendoza, o time responsável pela dublagem do game resolveu dar o papel para Roger, vocalista da banda Ultraje a Rigor. Como era de se esperar, o resultado foi horrível e a repercussão pior ainda, o que não foi bom para a imagem do jogo no Brasil.

Dublagem não é fácil, gente

Como Mortal Kombat X e Battlefield Hardline já provaram, artistas dublando é algo muito bad, mas nem toda a culpa é do dono da voz. Para quem jogou o fardo para cima dos artistas, é importante ver que a indústria de games é cheia de oportunidades e todo mundo gosta de dinheiro.

Imagine se você, pessoa comum e que não tem dotes para dublagem, recebe um convite para participar de um projeto extremamente grande e que paga muito bem para dar a voz para um personagem. Dependendo da situação financeira, dinheiro envolvido e o quanto você não se importa com o produto, é bem difícil dizer não.

Além disso, como Pitty ressaltou na época, dublar é um processo extremamente complicado. “Fui convidada para um projeto, não tenho responsabilidade pelo texto, nem sobre a direção, nem sobre a edição”, disse a cantora em 2015.

A dublagem de games para português do Brasil é baseada apenas nas vozes feitas no idioma original e os atores não tem acesso às imagens que receberão o conteúdo em áudio. Com isso, é necessário ter muita experiência em atuação e dublagem para entregar um resultado excepcional.

https://www.youtube.com/watch?v=NX0UP8qKsk8

No caso de Pitty e Roger, ainda temos o agravante de que os personagens escolhidos para a dublagem são protagonistas, ou seja, falam pra c*ralho. Em 2016, o youtuber Zangado participou da dublagem de Gears of War 4 para português. Na época, uma galera ficou com um pé atrás, porém, a participação do produtor de conteúdo foi breve e envolvida dar voz apenas para um figurante, que aparece rapidamente em um combate.

A estratégia de colocar celebridades para dublar já é algo comum no mercado de entretenimento brasileiro, principalmente em filmes de animação, onde os atores podem estampar capas, imagens promocionais e trailers para chamar mais públicos.

No caso dos jogos, já ficou evidente que as coisas funcionam de forma diferente. É possível colocar famosos para dublar? Com certeza. Mas, por favor, deixe eles longe da história principal do game. Mortal Kombat 11 tá chegando e ainda não tivemos a apresentação completa do jogo de luta. Você acha teremos uma nova tentativa de marketing com o jogo?

Sendo esperançoso, espero que a Warner mande uma dublagem no estilo Injustice 2, com dubladores experientes e conhecidos, capazes de dar não apenas de dar voz, mas uma personalidade única aos personagens na sua versão brasileira.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.