Nvidia compra ARM por U$40 bilhões

Nvidia compra ARM por U$40 bilhões

A Nvidia, um dos grandes nomes do mercado em placas de vídeo, anunciou a oferta de U$40 bilhões a ARM, fabricante microprocessadores e de grande peso no Vale do Silício.

A oferta foi divulgada à imprensa recentemente, apesar da quantia já parecer alta, há ainda menção a outros bônus na negociação, resultando em uma quantia maior.

Logo da Nvidia

“De acordo com os termos da transação, que foi aprovada pelos conselhos de administração da Nvidia, SBG e Arm, a Nvidia pagará à SoftBank [empresa dona da ARM] um total de U$21,5 bilhões em ações ordinárias da Nvidia e U$12 bilhões em dinheiro, que inclui U$2 bilhões a pagar em assinando. O número de ações da Nvidia a serem emitidas no fechamento é de 44,3 milhões, determinado usando o preço médio de fechamento das ações ordinárias da Nvidia nos últimos 30 pregões. Além disso, a SoftBank pode receber até U$5 bilhões em dinheiro ou ações ordinárias sob um conceito de earn-out, sujeito à satisfação de metas de desempenho financeiro específicas da Arm. ”

Prédio da ARM

Além disso, a NVIDIA também fornecerá patrimônio aos funcionários da ARM no valor de pelo menos U$ 1,5 bilhão. Notavelmente, a empresa pretende fornecer o caixa necessário para esta aquisição em seu balanço patrimonial, evitando dívidas adicionais no processo.

Deve ser lembrado que o Grupo de Serviços IoT da ARM não será adquirido pela NVIDIA. No que diz respeito às garantias e compromissos anteriores, a NVIDIA observou em sua declaração à imprensa:

“Como parte da NVIDIA, a Arm continuará operando seu modelo de licenciamento aberto enquanto mantém a neutralidade do cliente global que tem sido a base de seu sucesso, com 180 bilhões de chips enviados até o momento por seus licenciados. Os parceiros da Arm também se beneficiarão das ofertas de ambas as empresas, incluindo as inúmeras inovações da NVIDIA. ”

A empresa passou declarou:

“A SoftBank e a Arm estão totalmente comprometidas em cumprir os compromissos assumidos pela SoftBank quando adquiriu a Arm em 2016, que estão programados para serem concluídos em setembro de 2021. Após o fechamento da transação, a NVIDIA pretende manter o nome e a forte identidade de marca da Arm e expandir sua base em Cambridge. A propriedade intelectual da Arm permanecerá registrada no Reino Unido. ”

O fechamento deste acordo está condicionado à obtenção de aprovações regulatórias nos Estados Unidos, Reino Unido, China e União Europeia.

RELACIONADOS:
Novo trailer 4K de COD: Black Ops Cold War mostra Ray Tracing com novas placas de vídeo Nvidia
Nvidia GeForce RTX 3090 é mais alta que um Xbox Series X

Curiosamente, SoftBank continuará a exercer influência sobre a entidade consolidada por meio de sua participação na NVIDIA, que deve ser inferior a 10 por cento. Embora o tamanho do negócio seja astronômico, ele representa um desconto em relação aos U$52 bilhões que o CEO da SoftBank, Masayoshi Son, havia exigido originalmente pela compra da ARM. Lembre-se de que a SoftBank havia adquirido a ARM em 2016 por U$ 32 bilhões.

O anúncio de hoje encerra um processo árduo que envolveu negociações frenéticas com vários participantes do setor. Representantes da SoftBank supostamente abordaram NVIDIA, TSMC, Foxconn, Apple, Qualcomm e Samsung para adquirir a ARM, com um negócio potencial que provavelmente surgirá antes do final da atual temporada de verão. À luz do desenvolvimento de hoje, esse prognóstico parece ter funcionado.

Nvidia - ARM

O que faz a empresa ARM?

Para refrescar, a ARM projeta chips de silício e licencia conjuntos de instruções que controlam como os chips se comunicam. Além disso, a propriedade intelectual da ARM – incluindo a Reduced Instruction Set Computing (RISC) Instruction Set Architecture (ISA) – é utilizada pela Apple, Qualcomm, Samsung, Huawei, etc. para seus chips de smartphone, correspondendo assim a uma cobertura de mercado de cerca de 90 por cento.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)