The Witcher: 6 Curiosidades sobre a segunda temporada

The Witcher: 6 Curiosidades sobre a segunda temporada

A estreia de “The Witcher” foi um grande momento para os fãs de livros e das sagas de videogame.

O Bruxo caçador de monstros é um personagem bastante conhecido no mundinho geek e teve sua popularidade ainda mais aumentada quando Henry Cavill foi o ator escolhido para viver o personagem no live-action da Netflix.

Centrado em mundo de alta fantasia, a história traz de volta Geralt, Yennefer e a princesa Cirilla de Cintra para a sua segunda temporada.

Veja agora 6 curiosidades que estão presentes no segundo ano da série:

Menção a “Lenda do Lobo”

A estreia da segunda temporada de The Witcher já serviu bastante easter-eggs em seus capítulo iniciais, tal como o aceno para a história de origem de Vesemir, o mais velho entre o grupo de caçadores de monstros.

O witcher mais velho não é somente um líder para os outros caçadores-bruxos, mas também um sobrevivente de uma guerra de centenas de anos onde humanos e monstros magicamente transformados tentaram destruir o castelo de guerreiros e extinguir a raça Witcher.

Durante uma conversa com a princesa Cirilla ele explica as origens dos poderes dos caçadores e os acontecimentos da batalha em Kaer Mohen reproduzidos na animação The Witcher: A Lenda do Lobo.

Também ao longo do episódio vemos a árvore com as medalhas dos witchers derrotados durante a dura batalha penduradas e alguns pedaços de ossos dos inimigos ainda no chão abaixo da neve fora do castelo. É possível até mesmo ver o grande grifo mutante que atacou Vesemir naquela noite.

Vasemir em The Witcher Segunda Temporada
Vasemir na segunda temporada de The Witcher na Netflix

Novo traje para Geralt

Com envolvimento do próprio Henry Cavill na criação do figurino, o traje foi atualizado para dar mais flexilibilade para Geralt se movimentar durante as cenas de luta, mas esse pode não ser o único motivo.

Geralt de Rívia com seu novo traje em The Witcher da Netflix (season 2)
Novo traje de Geralt na segunda temporada de The Witcher na Netflix

Em alguns de seus pronunciamentos recentes, Cavill revelou que a mudança da armadura com ornamentos brilhantes e resistentes não está apenas na oportunidade de se mover melhor, mas que também possui importâncias filosóficas para o personagem.

Geralt finalmente está conseguindo se sentir em paz com a decisão de ficar em um lugar só e não viajando em diversas terras como fez durante quase toda a primeira temporada.

Geralt com o traje da primeira temporada
Geralt com a roupa da primeira temporada

Sua confiança nos seus companheiros de batalha e a importante missão de treinar Cirilla o deixaram confortável o suficiente para mudar seu traje e confiar mais em suas habilidades de proteger a todos.

O amigo não exatamente oficial de Geralt que sempre ataca os nervos do herói sofreu algumas mudanças também.

Visual de Jaskier

Seu cabelo está maior, sua voz está diferente e a cada episódio ele fica cada vez mais próximo do seu personagem nos games, incluindo até uma pena vermelha em seu chapéu.

Jaskier nos jogos vs Jaskier nas séries

Essa escolha pode não ser atoa já que com Cavill sendo um grande fã dos jogos ele poderia estar envolvido na produção com o intuito de deixar a série ainda mais fiel aos jogos de videogames.

Jaskier canta na segunda temporada de The Witcher
Jaskier cantando na segunda temporada da série

“Voleth Meir” A Mãe Imortal

Mas nem todos os personagens são originais das obras ou videogames de The Witcher.

Quem é Voleth Meir, a Mãe Imortal em â ???? The Witcherâ ???? Temporada 2?  - Jugo Mobile Mobile Game Notícias | Todas as novidades dos jogos IOS /  Android

A principal antagonista da segunda temporada da série Voleth Meir foi criada na sala dos roteiristas depois de eles acharem a história inspirada do primeiro livro com muitos poucos montros a serem explorados nele.

Eles precisavam de uma vilã que conectasse as histórias de Geralt, Yennefer e Ciri para que a trama pudesse andar.

Flor Branca

Durante uma conversa entre Fringilla e Francesca, vemos que as duas se tornaram amigas e chegam até se importarem uma com a outra – um desenvolvimento diferente do começo da temporada.

Embora as duas tenham interesses diferentes na série com Fringilla servindo a Nilfgaard e Francesca querendo apenas o bem de seu bebê, em uma certa cena podemos ver Francesca falar da própria mãe enquanto ressuscita uma flor branca.

Ela confidencia a maga que descobriu seus poderes logo após a morte da mãe.

A flor Branca é o símbolo de uma heroína elfa bastante importante chamada Aelirenn que tem sua história contada em um dos livros da saga de The Witcher, Sangue dos Elfos.

Aelirenn foi responsável por levantar a última bandeira numa batalha contra os humanos.

Piada Auto-Referencial

Depois de muitos fãs reclamarem da linha do tempo confusa que vai e volta para o passado na primeira temporada, a equipe de produção encontrou uma maneira risível de responder as reclamações.

Quando um homem diz a Jaskier que sua sobrinha acha as músicas do bardo boas, ele na verdade acrescenta que na opinião própria acha as músicas confusas e que só na quarta ouvida conseguiu entender que elas tratavam de diferentes linhas do tempo entre as aventuras do amigo de Geralt com ele.

A cena é logicamente uma piada metalinguística com o fim de fazer o público entender que o show entendeu as duras críticas as construções de cenas, um problema resolvido com simplicidade conforme demonstrado na sequência de eventos da segunda temporada.

Redator Pixel

Escrito com carinho por um dos nossos melhores redatores :)